sábado, 28 de fevereiro de 2015

OFICINA DE CANTO PARA O CORAL BEZERRA DE MENEZES


Sábado, 07 de março de 2015 das 08:30 às 11:30
COBEM – Casa de Oração Bezerra de Menezes
Rua Bezerra de Menezes, nº 90, Brotas, Salvador-BA
Informações: (71) 33560256
Curtam a FanPage da Cobem: https://www.facebook.com/CasaDeOracaoBezerraDeMenezesCobem 
Visitem o site da Cobem:  www.cobem.org.br  

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

DATA LIMITE SEGUNDO CHICO XAVIER


TRANSFORMAÇÃO PESSOAL - PROGRAMA TRANSIÇÃO


16º CONGRESSO ESTADUAL DE ESPIRITISMO


50 ANOS DEPOIS


PROMESSAS DE AMOR

Pessoas gostam de fazer promessas... Mas os apaixonados são mestres em prometer, embora nem sempre consigam cumprir as coisas prometidas. E eu até gostaria de lhe prometer a felicidade eterna, mas porque sei que não poderei cumprir, desejo conquistar, dia-a-dia, ao seu lado, uma felicidade possível... Eu poderia lhe prometer o mundo, mas isso não é algo que se pode alcançar, por isso desejo oferecer-me para construir com você um mundo diferente, um mundo melhor, um mundo onde a paz não seja uma ilusão. Eu poderia lhe prometer a lua, mas esse magnífico satélite não está à venda. Assim, desejo exercer suave magnetismo, atraindo você aos meus braços sempre que deles necessitar... Eu poderia lhe prometer as estrelas, mas isso seria utopia. Entretanto, quero e posso ser um tênue raio de luz, sempre que a escuridão aparecer em seu caminho. Eu poderia prometer atapetar estradas com pétalas de flores para suavizar sua caminhada. Mas na impossibilidade de cumprir, desejo lhe ofertar flores de ternura, sempre que seus pés estiverem cansados... Eu poderia fazer a promessa de lhe dar o mais luxuoso castelo do mundo, mas certamente não cumpriria... Assim, almejo tecer com os fios invisíveis do amor, um ninho de fraternidade e paz, consolidado no lar. Eu poderia lhe prometer amor exclusivo, mas isso eu não posso, pois outras pessoas já conquistaram meu coração. Quando nasci, os braços de meus pais foram meu primeiro berço; quando precisei de amigos, os encontrei; quando descobri os laços de ternura de meus avós e outros familiares, a eles dediquei amor. Eu poderia prometer declamar as poesias mais belas do mundo para você, mas não tenho esse dom. Assim, desejo apenas procurar as palavras certas para lhe dizer, nos momentos precisos, e edificar com elas a ponte do diálogo, que nos fará próximos em todas as situações. Eu poderia lhe prometer belos presentes a cada aniversário seu, a cada data importante para nós dois, mas temo um dia não lograr êxito. Por essa razão, desejo lhe ofertar as flores de amizade e afeição todos os dias, porque todos os dias serão importantes para nós. E, se por acaso um dia eu não fizer isso, socorra-me depressa, pois estarei precisando muito de ajuda. Eu poderia lhe prometer uma família feliz, com filhos saudáveis e inteligentes, mas isso não depende de mim. No entanto, se Deus nos confiar seus filhos, para alegrar nossa união, desejo dar o melhor de mim em favor desses viajantes do infinito, sejam eles inteligentes ou não, saudáveis ou não, carinhosos ou não... Eu poderia prometer a você jamais cometer equívocos, mas não posso assegurar isto, sob pena de me trair nos minutos seguintes. Todavia, desejo envidar esforços constantes pela auto-superação. E se vier a falir rogarei que perdoe minha fraqueza. Enfim, eu poderia lhe fazer mil promessas, como tantos apaixonados... Poderia lhe dizer muitas palavras sem sentido ou vazias... Mas, se não prometo lhe dar tudo o que desejaria, eu posso lhe ofertar o meu amor sincero. Espero que você também não me prometa nada, apenas desejo que aceite meu coração, como prova das minhas mais elevadas intenções. E, quando um dia o crepúsculo da existência se aproximar e nos encontrar lado a lado, aí, então, poderei assegurar que superamos juntos uma árdua batalha, e que as promessas que não fiz se realizaram..

(Autor desconhecido: Reflexão)

(Colaborador: Eddie Rocha)

O FLUÍDO VITAL

O fluído vital, também chamado de princípio vital e uma forma modificada do fluído cósmico universal. Ele é o elemento básico da vida. Vida aqui considerada no sentido atribuído pela ciência, que se caracteriza pelos fenômenos do nascimento, crescimento, reprodução e morte. Observe que nessa categoria, evidentemente não se incluem os Espíritos, já que não satisfazem, pelo menos, às últimas duas condições – reprodução e morte. Em Gabriel Delanne, (A Evolução Anímica) vamos encontrar literalmente: “a alma não é vivente”, porque seja mais e melhor: - “tem existência integral”. Em “A Gênese”, Kardec assegura que, “pela morte o princípio vital se extingui. De fato é a existência, ou não, do fluido vital que distingue um corpo vivo de um corpo sem vida. A diferença entre uma árvore viva e um pedaço de madeira é justamente a presença do fluido vital na primeira e sua ausência na segunda. A pesar de já contarmos, ao nascer, com certa quantidade de fluido vital, o nosso corpo precisa ser constantemente suprido deste fluido, em razão da sua constante utilização, principalmente nos processos ligados ao metabolismo. É, contudo, característica dos seres vivos a capacidade de produzir fluido vital, continuamente, a partir do fluido cósmico universal, como também a capacidade de absorvê-lo diretamente, a partir dos próprios alimentos. Uma outra possibilidade de absorção do fluido vital é através da transfusão fluídica. Kardec refere claramente essa possibilidade quando afirma que: “O fluido vital de transmite de um individuo para outro”. É justamente essa propriedade, característica do fluido vital um dos fundamentos em que se baseia o passe. No mesmo capítulo da obra de Kardec citada acima ainda encontramos a informação: “ A quantidade de fluido vital não é a mesma em todos os seres orgânicos: varia segundo as espécies, e não é constante no mesmo indivíduo, nem nos mesmos indivíduos de uma mesma espécie. “Realmente, na infância, a capacidade de processar o fluido cósmico para a produção do fluido vital é muito acentuada. Essa capacidade se mantém mais ou menos inalterada durante a juventude, mas a partir de certa idade, ela torna-se bastante reduzida, fato este que leva a uma diminuição progressiva de vitalidade do individuo, lendo ao envelhecimento geral do organismo. A morte ocorre quando o organismo perde a capacidade de produzir e reter uma certa quantidade mínima de fluido vital – morte natural – ou quando uma lesão mais séria do corpo físico provoca uma taxa de escoamento desse fluido em quantidade superiores à sua capacidade de produção – morte acidental. Os seres do mundo espiritual, por não possuírem fluido vital é que necessitam do nosso concurso, como indispensável, para muitas das tarefas assistenciais a que se propõe.


(Fonte: O Passe Espírita – (Luiz Carlos Gurgel)
(Colaborador:  Maria Aparecida Moro) 


Oração da Felicidade

Senhor, Permita-me ser feliz, mesmo diante de minha própria ignorância e superando as condições adversas em que renasci. Deixa-me, enquanto busco sair de meus equívocos, sentir alegria e viver com determinação, confiante na Sua misericórdia. Consinta-me, enquanto ajudo meu próximo, tão sofredor quanto eu, perceber a vitalidade nas coisas e a grandeza da Vida. Encoraja-me para que, mesmo na dor ou no sofrimento, na luta diária pela minha subsistência, eu viva com coragem e consciência de minhas limitações, buscando superá-las com harmonia. Deixa-me levar aos outros a felicidade de que sou portador e a certeza de que minha força vem de nossa íntima e perene ligação. Conceda-me a ventura de, tanto quanto enxugar a lágrima, também entender o sentimento que a fez surgir, transformando-a no amor que traz a felicidade. Incentiva-me a alcançar a felicidade possível, disseminando-a por onde passar, a serviço do Seu infinito amor . Permita-me continuar dono de meu destino, com a capacidade de administrar minha liberdade, a serviço da construção de um mundo melhor.


(Autor Desconhecido)

(Colaborador: Eddie Rocha)



quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015


RETOQUES NA ALMA

Retocar a alma? Como?
Toda alma em processo de crescimento evolutivo precisa de certos retoques. É como retocar a decoração de uma casa, a alma é o interior da casa que habita. 
Começamos primeiramente observando os departamentos comportamentais: Você ora? Então, disciplina nas preces, ao amanhecer, ao deitar-se, reserve uns minutinhos para orar onde estiver, no trabalho, na rua, no descanso, no trabalho; também não precisa só ficar orando, boas ações é oração, respeito é oração, tem formas e formas de orar.
Para isso é necessário lembar-mo-nos que temos um Pai Celestial, amoroso e bom, justo e onipresente em nossa vida que pensa em nós constantemente e nos protege sempre.
Retoque também nos sentimentos faz-nos sentirmos melhor. Comece limpando aquele cantinho de energias escuras que ficaram daquela ofensa que você não esqueceu. Coloque ali, um vaso com flores do esquecimento! Flores perfumem e apagam lembranças ruins. Não se esqueça das gavetas do "Ter", limpe-as e verifique que os "teres" em excesso não são tão necessários como você pensa, excessos são imperfeições, são travas. Excessos de sensualidade, de ciumes, de orgulho, de vaidades. Desocupe o que é de menor necessidade e fique apenas com o essencial; troque esses valores pelo "Ser", o lucro é imenso, vale a pena. Leia, estude, informe-se. Dê um retoque no egoismo, aprenda a dividir, a multiplicar; coloque ali pinceladas de "amor ao próximo", repasse o que sabe e aprenda com o que ensina, isso ajuda a alma a ser melhor.
Dê também um retoque na alergia que você tem por seres que você considera inferior; são apenas almas em condições sociais inferior à sua, mas estão assim como você, como eu, cumprindo metas existenciais programadas no ceu para sua melhoria e evolução espiritual, respeite.
E a gaveta do orgulho, seria bom rever com muito cuidado, o orgulho é uma das coisas que é muito difícil se desfazer, mas é necessário. Troque o orgulho pela humildade como Jesus o fez ao nascer em família simples e numa manjedoura, quando lavou os pés dos deus discípulos, quando dormia ao relento e seu travesseiro era de pedra, quando foi desprezado pelo povo que preferiu que soltassem um ladrão, Barrabás.
Bem, não precisa tanto, não estamos preparados para isso, mas dá pra maneirar, como dizem os jovens... 
Sejamos apenas nós. 
Sem tantas imperfeições, sem tantos impedimentos evolutivos, não seremos como Jesus tão cedo, mas vale a pena ser melhor! 

Autor: Maria Aparecida Giraldi Moro

A ALEGRIA REAL

Alegria real é aquela que nasce do dever cumprido com base na consciência tranquila.
A alegria, quando extrapola os seus limites, é fonte de muitas lágrimas.
Viver com alegria é viver com saúde e paz.
As vibrações alegres e otimistas têm o poder de regenerar as células enfermas, tanto quanto de levantar as almas apáticas.
Quem compreende o sentido da vida sabe superar com alegria todas as provas com as quais se defronte. 
Quem procura alegrar-se nos prazeres transitórios apenas encontra mágoa e desilusão ao fim de fugas alegria.
O homem de fé, sobretudo, é um homem que traz a felicidade represada na alma, pela insuperável alegria de amar ao próximo como a si mesmo.
A alegria que nos falta, não raro, é a alegria que negamos aos
outros. 
Um sorriso de simpatia atrai incontáveis bênçãos de carinho.
Aprendemos a sorrir para a Vida para que a Vida continue a sorrir para nós. 
O homem que vive contrariado e tudo reclama, vendo obstáculos em toda a parte, está em profunda desarmonia com a Vida, que é a Suprema Alegria de Deus!

(irmão José)
Colaborador: Maria do Socorro


ACOMPANHE A PIZZA FRATERNA EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK ! 
VOCÊ É NOSSO CONVIDADO

domingo, 15 de fevereiro de 2015


ACOMPANHE O PARÁBOLAS DE JESUS DE SEGUNDA A SEXTA DAS 14 ás 15h EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK ! VOCÊ É NOSSO CONVIDADO ! 

FESTAS

Todos os motivos para festas dignas são respeitáveis, entretanto, a caridade é a mais elevada de todas as razões para qualquer festa digna.
Ninguém há que não possa pagar pequena parcela para a realização dessa ou daquela empresa festiva, destinada à sustentação das boas obras.
Sempre que possível, além da sua quota de participação num ato festivo, com fins assistenciais, é importante que você coopere na venda de, pelos menos, cinco ingressos, no campo de seus amigos, a benefício do empreendimento.
Mesmo que não possa comparecer numa festa de caridade, não deixe de prestar a sua contribuição.
Festejar dignamente, em torno da fraternidade humana, para ajudar o próximo, é uma das mais belas formas de auxílio.
Se você não dança, não é aconselhável o seu comparecimento num baile.
Nos encontros esportivos, é melhor ficar à distância se você ainda não sabe perder.
Se você possui dons artísticos quanto puder, colabore, gratuitamente, no trabalho que se efetue, em auxílio ao próximo.
Nas comemorações de aniversário, nunca pergunte quantos anos tem o aniversariante, nem vasculhe a significação das velas postas no bolo tradicional.
Conduza o empreendimento festivo, sob a sua responsabilidade, para o melhor proveito, em matéria de educação e solidariedade que sempre se pode extrair do convívio social.
Aprendamos a não criticar a alegria dos outros.


Francisco Cândido Xavier. Da obra: Sinal Verde.
Ditado pelo Espírito André Luiz.

Colaborador: Bárbara

ACOMPANHE O ENTRE AMIGOS EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK !
VOCÊ É NOSSO CONVIDADO !

Pode-se considerar que a autoridade é um talento que as criaturas terão que prestar contas?
“A autoridade, tanto quanto a riqueza, é uma delegação de que terá de prestar contas aquele que se ache dela investido. Não julgueis que lhe seja ela conferida para lhe proporcionar o vão prazer de mandar; nem, conforme supõe a maioria dos potentados da Terra, como um direito, uma propriedade”. – François-Nicolas-Madeleine
Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XVII, item 9.

CUIDE DO SEU CORPO POIS É NELE QUE VOCÊ VIVE.

QUANTO VALE SEU CORPO?

Antes do nosso nascimento, estando ainda no mundo espiritual, somos preparados minuciosamente para o retorno ao corpo físico o que chamamos de reencarnação. Quando tudo está pronto, escolhidos os pais, o lar, os demais familiares, é o momento da concepção. Gametas e óvulos se encontram, se juntam, seja por um ato de amor, ou por prazer sexual, começa ali o desenvolvimento das células que se dividem e começam a formar um corpo humano. O espírito preparado para o retorno à terra começa a ligar-se a esse corpo, célula por célula, começa a receber as energias vitais e vibracionais dos pais ou só da mãe onde está se desenvolvendo e dentro de nove meses será recebido pelos pais, ou não...! Tudo depende do processo reencarnatório a que se propôs esse Ser, para suas provas e expiações num corpo que lhe foi dado por Deus para que tudo se processe na vida conforme suas necessidades para a evolução em pauta. Adultos já, acha que é dono do seu corpo e pode fazer dele o que bem lhe aprouver...! Será? Jesus nos assegurou que o corpo é o templo do espírito, é a moradia terrena que pode ser desocupada a qualquer momento, basta o Criador desalojar o habitante por um motivo qualquer, seja pela falência das energias vitais dos órgãos na velhice, por doença, ou por acidente. Cuidar do corpo é cuidar da casa em que habitas, faz parte disso os hábitos de higiene, de cuidados com a saúde, os não abusos de álcool, de cigarros, de drogas, e não é só isso; inclui também o não abuso do sexo como na prostituição, a venda dos órgãos que não lhes pertence por direito; os direitos dessa matéria é de seu criador, Deus. Podemos sim doar, por caridade partes do nosso corpo como as córneas, rins, fígado, medula, se tivermos um ser doente precisando dessa doação, e podemos por amor ao próximo fazê-lo por caridade. Quanto a outras partes como córneas e o coração, por exemplo, só podemos doá-los após a constatação da morte cerebral.
Quanto vale seu corpo? Você já parou para pensar nisso? Você já perguntou ao Criador o preço dessa matéria? Garanto que Ele lhe diria “dê de graça o que de graça recebeste”, doar órgãos é dar de graça, vender é como roubar algo que não lhe pertence, é clandestinidade, é a atitude que lhe será cobrada mais tarde, aqui nesta encarnação, ou em outras, mas o ressarcimento dessa atitude será cobrado e muitas vezes em dobro. Pensemos com carinho, o que vale a pena, doar ou vender, dar, ou precisar receber.
Pense nisso, e decida.
Quanto vale seu corpo?
(Texto escrito por mim mudando à luz da Doutrina Espírita a pergunta feita no Programa “NA MORAL”, com Pedro Bial. “QUANTO VALE SEU CORPO”?)

Autor: Maria aparecida Giraldi Moro





domingo, 8 de fevereiro de 2015

O PODER DA MENTE


Brandura
Insignificante é o pingo d`água, todavia, com o tempo, traça um caminho no corpo duro da pedra.
Humildade é a semente, entretanto, germina com firmeza e produz a espiga que enriquece o celeiro.
Frágil é a flor, contudo, resiste à ventania, garantindo a colheita farta.
Minúscula é a formiga, mas edifica, à força de perseverança, complicadas cidades subterrâneas.

Submissa é a argila, no entanto, com auxílio do oleiro, transforma-se em vaso precioso.

Branda é a veste física, que um simples alfinete atravessa, todavia, suporta vicissitudes incontáveis e sustenta o templo do Espírito em aprendizado, por dezenas de lustros, repletos de necessidades e padecimentos morais.
O verdadeiro progresso prescinde da violência.
Tudo é serenidade e sequencia na evolução.
Aprendamos com a natureza e adotemos a brandura por diretriz de nossas realizações para a vida mais alta, mas não a brandura que se acomoda com a inércia, com a perturbação e com o mal, e, sim, aquela que se baseia na paciência construtiva, que trabalha incessantemente e persiste no melhor a fazer, ultrapassando os obstáculos que a ignorância lhe atira à estrada e superando os percalços da luta, a sustentar-se no serviço que não esmorece e na esperança fiel que confia, sem desânimo, na vitória final do bem.

André Luiz.
Do livro: Caridade, o alimento do corpo e da alma.
Chico Xavier.

Colaborador: Sumaia Nogueira 



sábado, 7 de fevereiro de 2015

CONHECENDO A DOUTRINA ESPÍRITA


Venho, como outrora aos transviados filhos de Israel, trazer-vos a verdade e dissipar as trevas. Escutai-me. O Espiritismo, como o fez antigamente a minha palavra, tem de lembrar aos incrédulos que acima deles reina a imutável verdade: o Deus bom, o Deus grande, que faz germinem as plantas e se levantem as ondas. Revelei a doutrina divinal. Como um ceifeiro, reuni em feixes o bem esparso no seio da Humanidade e disse: «Vinde a mim, todos vós que sofreis.» Mas, ingratos, os homens afastaram-se do caminho reto e largo que conduz ao reino de meu Pai e enveredaram pelas ásperas sendas da impiedade. Meu Pai não quer aniquilar a raça humana; quer que, ajudando-vos uns aos outros, mortos e vivos, isto é, mortos segundo a carne, porquanto não existe a morte, vos socorrais mutuamente, e que se faça ouvir não mais a voz dos profetas e dos apóstolos, mas a dos que já não vivem na Terra, a clamar: Orai e crede! pois que a morte é a ressurreição, sendo a vida a prova buscada e durante a qual as virtudes que houverdes V cultivado crescerão e se desenvolverão como o cedro. Homens fracos, que compreendeis as trevas das vossas inteligências, não afasteis o facho que a clemência divina vos coloca nas mãos para vos clarear o caminho e reconduzir-vos, filhos perdidos, ao regaço de vosso Pai. Sinto-me por demais tomado de compaixão pelas vossas misérias, pela vossa fraqueza imensa, para deixar de estender mão socorredora aos infelizes transviados que, vendo o céu, caem nos abismos do erro. Crede, amai, meditai sobre as coisas que vos são reveladas; não mistureis o joio com a boa semente, as utopias com as verdades. Espíritas! amai-vos, este o primeiro ensinamento; instruí-vos, este o segundo. No Cristianismo encontram-se todas as verdades; são de origem humana os erros que nele se enraizaram. Eis que do além-túmulo, que julgáveis o nada, vozes vos clamam: «Irmãos! nada perece. Jesus-Cristo é o vencedor do mal, sede os vencedores da impiedade.
O ESPÍRITO DA VERDADE
Paris, 1860
Advento do Espírito de Verdade Do livro: O Evangelho segundo o Espiritismo. Allan Kardec
Colaborador: Carlos Melo

ACOMPANHE O CONHECENDO A DOUTRINA TODOS OS SÁBADOS DE 09H AS 10H EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK ! 
VOCÊ É NOSSO CONVIDADO !

CHÁ DAS CINCO - MENSAGENS E CASOS DE CHICO XAVIER


"Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores"

Quando pronunciamos as palavras “perdoa as nossas dividas, assim como perdoamos aos nossos devedores”, não apenas estamos à espera do benefício para o nosso coração e para a nossa consciência, mas estamos igualmente assumindo o compromisso de desculpar os que nos ofendem.
Todos possuímos a tendência de observar com evasivas os grandes defeitos que existem em nós, reprovando, entretanto, sem exame, pequeninas faltas alheias.

Por isso mesmo Jesus, em nos ensinando a orar, recomendou-nos esquecer qualquer mágoa que alguém nos tenha causado.

Se não oferecermos repouso à mente do próximo, como poderemos aguardar o descanso para os nossos, pensamentos?

Será justo conservar todo o pão, em nossa casa, deixando a fome aniquilar a residência do vizinho?"Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores"
A paz é também alimento da alma, e, se desejamos tranqüilidade para nós, não nos esqueçamos do entendimento e da harmonia que devemos aos demais.
Quando pedirmos a tolerância do Pai Celeste em nosso favor, lembremo-nos também de ajudar aos outros com a nossa tolerância.
Auxiliemos sempre.
Se o Senhor pode suportar-nos e perdoar-nos, concedendo-nos constantemente novas e abençoadas oportunidades de retificação, aprendamos, igualmente, a espalhar a compreensão e o amor, em benefício dos que nos cercam.
Autor: Meimei
Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Livro: Pai Nosso

Colaborador: Fabiana Nunes


ACOMPANHE O CHÁ DAS CINCO DE SEGUNDA A SEXTA DE 17H ÁS 18 EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!
VOCÊ É NOSSO CONVIDADO !

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

A VERDADE SEGUNDO O ESPIRITISMO

A relação entre o Espiritismo e o Consolador prometido está no fato de a Doutrina Espírita preencher todas as condições inerentes ao Paráclito anunciado por Jesus. Como assinala Kardec, o Espiritismo vem abrir os olhos e os ouvidos de toda gente, pois fala sem figuras, nem alegorias, e levanta o véu intencionalmente lançado sobre certos mistérios, trazendo a consolação suprema aos deserdados da Terra e a todos os que sofrem.
Se, de um lado, o Espírito da Verdade se apresentava aos homens, à frente de elevadas Entidades espirituais, que voltaram à Terra para completar a obra do Cristo, de outro Kardec se punha a postos, à frente de criaturas espiritualizadas, dispostas a colaborar na imensa tarefa. Cumpria-se, assim, uma promessa do Cristo, por meio de todo um imenso processo de amadurecimento espiritual do homem.
Kardec foi, portanto, o instrumento de que se serviu o Alto para completar a mensagem do Cristo, como Ele mesmo havia prometido, por intermédio de uma Doutrina altamente consoladora e intimamente ligada ao ensino moral contido no Evangelho de Jesus, que permanecerá para sempre conosco.

(Texto escrito com a leitura do Evangelho Segundo o Espiritismo e o Livro dos Espíritos)
Autor: Maria Aparecida Giraldi Moro


ENTRE AMIGOS - MENSAGEM DE ANDRÉ LUIZ

Perante os Amigos
O amigo é uma bênção que nos cabe cultivar no clima da gratidão.
Quem diz que ama e não procura compreender e nem auxiliar, nem
amparar e nem servir, não saiu de si mesmo ao encontro do amor em
alguém.
A amizade verdadeira não é cega, mas se enxerga defeitos nos
corações amigos, sabe amá‐los e entendê‐los mesmo assim.
Teremos vencido o egoísmo em nós quando nos decidirmos a ajudar
aos entes amados a realizarem a felicidade própria, tal qual
entendem eles, deva ser a felicidade que procuram, sem cogitar de
nossa própria felicidade.
Em geral, pensamos que os nossos amigos pensam como pensamos,
no entanto, precisamos reconhecer que os pensamentos deles são
criações originais deles próprios.A ventura real da amizade é o bem dos entes queridos. Assim como
espero que os amigos me aceitem como sou, devo, de minha parte, aceitá‐los como são.
Toda vez que buscamos desacreditar esse ou aquele amigo, depois
de havermos trocado convivência e intimidade, estaremos
desmoralizando a nós mesmos.
Em qualquer dificuldade com as relações afetivas é preciso lembrar
que toda criatura humana é um ser inteligente em transformação
incessante, e, por vezes, a mudança das pessoas que amamos não se
verifica na direção de nossas próprias escolhas.
Quanto mais amizade você der, mais amizade receberá. Se Jesus nos
recomendou amar os inimigos, imaginemos com que imenso amor
nos compete amar aqueles que nos oferecem o coração.


SINAL VERDE (pelo Espírito André Luiz)
Por Chico Xavier.
Colaborador: Alessandra Robis

ACOMPANHE O ENTRE AMIGOS EM NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK !!
VOCÊ É NOSSO CONVIDADO !
EM VIAGEM

A existência terrestre é uma viagem educativa...

Começa na meninice, avança pelos caminhos claros da plenitude física e altera-se na noite da enfermidade ou da velhice, para renovar-se, além da morte...
Repara, pois, como segues...
O caminho do mundo que atravessas cada dia, é apenas escola.
Valoriza-o com o teu aprimoramento no amor e na sabedoria.
Aceitando Jesus por Mestre, em teus passos de cada hora, guarda a certeza de que, em breve, atingirás a alegria do sublime retorno ao Divino Lar.
EMMANUEL(Mensagem Sintetizada)
(Francisco Cândido Xavier)
Colaborador: Carlos Melo